betway

Fim de ano no Uruguai: destinos, restaurantes e passeios no país vizinho ao Brasil

Seja em Montevidéu, Punta del Este ou Colônia do Sacramento, a três regiões queridinhas dos brasileiros têm características muito diferentes, inclusive preços, durante as festividades; confira dicas da colunista Giuliana Nogueira

Praia de Colônia do Sacramento: local ideal para quem busca tranquilidade na virada de ano
Praia de Colônia do Sacramento: local ideal para quem busca tranquilidade na virada de ano Giuliana Nogueira

Giuliana Nogueiracolaboração para o Viagem & Gastronomia

Uruguai

Nas semanas entre NataleAno Novo muita gente viaja para o Uruguai e a pergunta que mais recebo é: “para onde ir nesta época?”.

As três regiões mais visitadas por turistas brasileiros neste período têm características muito diferentes – inclusive preços.

Enquanto no departamento de Maldonado – que inclui Punta del EsteeJosé Ignácio – os preços de hospedagem disparam, nas regiões de Colônia do SacramentoeMontevidéu ainda é possível encontrar boas opções.

Entretanto, assim como no Brasil, o povo quer praia! E os departamentos de Maldonado e de Rocha são os que incluem os visuais litorâneos mais bonitos.

Porém todas as regiões têm boas opções a depender do que você procura. E, claro, de quanto está disposto a gastar.

Confira abaixo  dicas de três cidades uruguaias e o que fazer nas redondezas neste período do ano:

Montevidéu

A grande maioria dos aviões que chegam ao país pousam no Aeroporto Internacional de Carrasco. Caso você pretenda passar alguns dias no Uruguai, entre 23 de dezembro e 10 de janeiro, sempre recomendo começar por Montevidéu.

Assim como São Paulo, muitos dos bons restaurantes aproveitam os primeiros dias do ano para dar folga a equipe, já que até os próprios montevideanos partem para o leste. Entre Natal e Ano Novo ainda dá para pegar alguns desses lugares abertos.

Os maiores festejos, tanto natalino quanto do último dia do ano, ocorrem a tarde, nos dias 24 e 31 de dezembro – na Ciudad Viejaeredondezas do Mercado Del Puerto.

Rola uma animada festa de rua embalada pelo candombe (ritmo africano envolto por tambores e muito popular no Uruguai) como se fosse um carnaval fora de época, mas muito bem-vindo para alegrar os passantes. Sidra, cerveja e banho de água atingem quem passa nas ruas em uma brincadeira dos moradores e comerciantes locais.

Para quem quer investir em ceias, os restaurantes de hotéis são os que costumam oferecer os serviços; o preço médio do menu é de US$ 150 por pessoa.

Entre as opções destaco o Restaurante ArcadiadoHotel Radisson, que fica no 25° andar e tem uma vista deslumbrante para o Rio da Prata; o restaurante PlantadodoHotel Hyatt em Pocitos também é uma boa opção de cozinha para ceia.

Em Carrasco, o restaurante do luxuoso Sofitel Casino e Hotel conta também com música ao vivo além da ceia.

Fachada do suntuoso Sofitel em Carrasco, hotel construído na primeira metade do século 20 / Giuliana Nogueira

A minha escolha pessoal seria o mais jovem dessa lista, o Cauce Restaurante, dentro do hotel Costanero, onde fiz uma das melhores refeições da última viagem. O local possui ainda uma linda vista para Pocitos, onde ocorre a maior queima de fogos da região.

Interior do Cauce, restaurante com vista para a praia / Giuliana Nogueira

Caso queira conhecer o restaurante (não necessariamente para a ceia), o menu da casa é diverso e traz delícias como as molejas ao Jerez, croquetas cremosas e boas sugestões de pratos principais sazonais, além de ficar aberto 365 dias no ano.

Casa fica aberta o ano inteiro e serve molejos ao Jerez e croquetas cremosas / Giuliana Nogueira

Embora a maior movimentação esteja nas ruas e nas areias das praias durante a tarde, não quer dizer que não tem gente encarando as águas geladas para pular as sete ondas, especialmente na região de Pocitos.

Para quem busca balada, sim, elas existem também em Montevidéu, mas o agito está mesmo na região de Punta del Este.

Punta del Este

Se você busca agitação e festas glamourosas, Punta del Este e arredores é o lugar, com baladas famosas (que eu nunca frequentei), como o Réveillon La Fiesta que acontece na Praia Brava ou a We Celebratenopub Moby Dick.Para ver os fogos, o lugar certeiro é a Praia Mansa.

Quer tranquilidade?

As regiões de La BarraeJosé Ignácio, a poucos minutos dali, ficam movimentadas durante o dia, mas as noites costumam ser tranquilas. Alguns restaurantes também funcionam nestas datas comemorativas, como o gostoso El Abrazo e o premiado Parador La Huellao único uruguaio classificado na lista dos melhores da América Latina pelo Latin’s America 50 Best.

Parador La Huella é restaurante pé na praia e único uruguaio entre os 50 melhores da América Latina / Divulgação

Outra boa notícia para quem viaja para região é que restaurantes que costumam operar em dias reduzidos na baixa estação ampliam os horários durante o verão.

No leste, os dias são longos e consegue-se aproveitar bem praias e vinícolas, visitar os balneários vizinhos (Piriápolis ou Cabo Polônio) e ainda sair para jantar um pouco mais tarde.

Três boas dicas da região são: a cozinha basca do Leonardo Etxea em Punta del Este, a cozinha leve e fresca do impecável Salon N°3 em La Barra e o Destino Sushi & Wok em José Ignácio, que trabalha majoritariamente com pesca local.

Colônia do Sacramento

Se sua pegada é tranquilidade, Colônia do Sacramento é o pedaço.

Durante o dia é possível explorar as vinícolas do povoado vizinho, Carmelo, ser bem recebido na familiar El Legado e ainda almoçar na linda Bodega Narbona ou conhecer a histórica Los Cerros de San Juan, a mais antiga vinícola do Uruguai.

No Réveillon, muitos turistas se reúnem ao redor do Farol de Colônia do Sacramento para assistir à queima de fogos.

Quando o assunto é a reserva para jantar, é bom fazê-la o quanto antes, já que não são tantos lugares abertos na data. O restaurante do Charco Hotel é a clássica boa opção e, este ano, oferece por US$ 185 (aproximadamente R$ 1 mil) um menu completo harmonizado com vinhos da Bracco Bosca.

Aproveite a temporada tranquila na cidade para ver um pôr do sol lindo nas praias de rios, que ficam poucos quilômetros do centro histórico e próximo a recém-reformada histórica Plaza de Toros.

Sobre Giuliana Nogueira

Giuliana Nogueira / Acervo pessoal

Giuliana Nogueira é brasileira, psicóloga, fotógrafa e assessora de comunicação. Não é enóloga nem sommelière, mas é enófila, apaixonada especialmente por vinhos uruguaios e pelo Uruguai. Mantém o Instragram @Instatannat, falando mais de vinhos uruguaios que os próprios uruguaios. Sempre que pode viaja até a terra dos nossos vizinhos, que sabem receber muito bem.

*Os textos publicados pelos Insiders não refletem, necessariamente, a opinião do CNN Viagem & Gastronomia.


betway Mapa do site