betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Oposição define parlamentares que farão parte da CPI dos atos de 8 de janeiro

    Nomes dos indicados no Senado e na Câmara ainda precisam ser oficializados

    Larissa ArantesLuciana Amaralda CNN

    Brasília

    A oposição deverá oficializar a indicação dos senadores Eduardo Girão (Novo-CE) e Magno Malta (PL-ES) para a comissão que irá investigar os atos de 8 de janeiro no Congresso.

    Na Câmara, os deputados que deverão fazer parte da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) são: Alexandre Ramagem (PL-RJ), Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e André Fernandes (PL-CE). Como a confirmação oficial ainda será feita, mudanças podem acontecer, segundo lideranças do PL ouvidas pela reportagem.

    Nesta quinta-feira (11), o líder da oposição no Senado, Rogério Marinho (PL-RN), cobrou do governo as nomeações de integrantes. “A oposição já fez as indicações dos membros, quem não indicou foi o governo. Estamos aguardando os nomes do governo. Estamos fazendo a nossa parte”, destacou.

    Além dos integrantes titulares, os partidos também precisam definir os suplentes. No Senado, deverão ocupar os postos Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e Jorge Seif (PL-SC). Na Câmara, os nomes ainda estão sendo escolhidos.

    A oposição busca outras duas cadeiras na CPMI.

    Na semana passada, a oposição recorreu à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado da decisão do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), sobre a composição do colegiado. Na sexta-feira (5), foi oficializado o posicionamento da mesa diretora, que confirmou que a oposição perderia lugares na comissão.

    betway Mapa do site