betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Boulos marca agenda com Erundina, mas sem Marta: “Não me sentiria confortável”, diz deputada do Psol

    Candidata a vice de Boulos em 2020, ex-prefeita se opôs a escolha de Marta para a chapa em 2024 e resiste a reaproximação

    Candidata a vice de Boulos em 2020, Erundina foi contra a escolha da volta de Marta Suplicy ao PT
    Candidata a vice de Boulos em 2020, Erundina foi contra a escolha da volta de Marta Suplicy ao PT Estadão Conteúdo/Photopress/

    Pedro Venceslauda CNN

    São Paulo

    A deputada e ex-prefeita Luiza Erundina (PSOL-SP) vai participar em março de uma agenda de pré-campanha de Guilherme Boulos (PSOL-SP) pela primeira vez desde o anúncio da escolha de Marta Suplicy (PT) como candidata a vice na chapa.

    Candidata a vice de Boulos em 2020, Erundina foi contra a escolha da também ex-prefeita, que voltou ao PT após deixar a sigla em 2015.

    Naquele ano, Marta defendeu o impeachment de Dilma Rousseff (PT) e fez duras críticas ao governo e ao partido.

    A agenda com Boulos e Erundina será com educadores e deve acontecer no dia 16 março.

    “Pode até ser que em algum momento eu esteja em algum ato com a presença da Marta, mas não me sinto confortável. Não gosto da política do faz de conta. Minha questão com ela não é pessoal, é política”, disse Erundina à CNN.

    Procurada, a assessoria de Marta disse que não vai comentar.

    Após refiliar Marta ao PT, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria dito a interlocutores que gostaria de reaproximar as duas ex-prefeitas, mas Erundina resiste.

    Nas campanha de 2016 e 2020, a deputada do PSOL fez críticas a Marta por ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff (PT).

    betway Mapa do site