betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Operação da PF combate traficantes que escondiam drogas em tripas de animais

    60 policiais saem às ruas para cumprir 19 mandados de busca e apreensão e 5 de prisão no Paraná e no Mato Grosso

    Operação Tripas da PF combate tráfico de drogas no Paraná e no Mato Grosso
    Operação Tripas da PF combate tráfico de drogas no Paraná e no Mato Grosso Divulgação/PF

    Vianey Bentesda CNN

    Brasília

    Em combate ao tráfico internacional de drogas, Polícia Federal (PF) realiza nesta quarta-feira (31) a operação “Tripa” com o objetivo de cumprir 19 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva em cidades no Paraná e no Mato Grosso.

    O nome da operação “Tripa” faz referência ao modo de como os criminosos usavam o transporte de grandes quantidades de maconha, misturado com tripas de animais, para enganar a polícia.

    As ações, que contam com 60 policiais, ocorrem em Foz do Iguaçu, Itaipulândia, Medianeira, São Miguel do Iguaçu e Pato, no Paraná, e em Sinop, no Mato Grosso.

    As investigações começaram em 2021, após apreensões de cargas de maconha, que saíram do Paraguai e tinham como destino São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina.

    A PF descobriu que esse grupo estaria ligado a pelo menos cinco ocorrências de tráfico internacional.

    Durante as ocorrências, a PF prendeu 12 pessoas e apreendeu mais de 20 toneladas de maconha, e vários caminhões usados para o transporte das drogas, além de mais de R$ 100 mil em espécie, dinheiro obtido com a venda da maconha.

    Alguns dos envolvidos são donos de empresas de beneficiamento de tripas de animais na região oeste do Paraná, e estariam usando essas empresas em favor do tráfico.

    Além da prisão dos líderes da quadrilha, a justiça autorizou o sequestro de dinheiro, carros e casas dos envolvidos, e ainda de empresas em nome deles e em nome de “laranjas”, que teriam sido obtidas com tráfico de drogas.

    Eles vão responder pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, caso sejam condenados podem pegar 41 anos de prisão.

    betway Mapa do site