betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Homem que matou e estuprou mãe e filhas no MT tinha passagem por crime sexual, diz polícia

    Autor dos homicídios e estupros, ocorridos na cidade de Sorriso, foi transferido para Sinop por risco de linchamento

    Momento em que o autor dos crimes contra a família em Sorriso (MT) é transferido pela polícia
    Momento em que o autor dos crimes contra a família em Sorriso (MT) é transferido pela polícia Divulgação/Polícia Civil/MT

    Fábio MunhozVictor Aguiarda CNN

    Em São Paulo

    A Polícia Civil do Mato Grosso informa que o homem que confessou ter matado uma mulher e suas três filhas em Sorriso (MT) tinha antecedentes na Justiça por estupro e latrocínio (roubo seguido de morte). Veja o que se sabe sobre o caso.

    O assassino, identificado como Gilberto Rodrigues dos Anjos, foi preso na última segunda-feira (27), mesmo dia em que os corpos das três vítimas foram encontrados na casa onde elas moravam. Ele confessou que matou as três e que estuprou a mãe e duas das filhas. O pai da família mandou um áudio para um amigo pedindo ajuda após se preocupar com o desaparecimento. Clique aqui para ouvir.

    Também na segunda-feira, Gilberto foi levado de helicóptero para um presídio na cidade de Sinop, também no Mato Grosso, em razão do risco de linchamento.

    Ainda de acordo com a Polícia Civil, o criminoso invadiu uma casa em Lucas do Rio Verde (MT) em setembro deste ano e cometeu abuso sexual contra uma vítima, que estava dormindo. Em seguida, ele tentou matá-la, mas a vítima reagiu e foi ferida com uma facada no pescoço. Uma outra pessoa que também estava na casa tentou intervir e levou um soco no rosto. Após os crimes, ele fugiu em uma bicicleta.

    A polícia informa ainda que Gilberto tem passagem por latrocínio, crime que teria sido cometido no interior de Goiás.

    Relembre o caso

    Uma mãe e três filhas foram encontradas mortas dentro de casa na manhã desta segunda-feira (27), em Sorriso, a cerca de 400 km da capital Cuiabá, em Mato Grosso. O criminoso trabalhava em uma obra ao lado da casa das vítimas e confessou o crime.

    A polícia foi acionada por vizinhos, que estranharam o sumiço da família durante o fim de semana.

    O homem relatou à polícia que, depois de esfaquear três vítimas, ele cometeu abuso sexual contra a mãe, de 46 anos, e duas filhas, uma de 19 e outra de 13. A filha mais nova, de 10 anos, morreu asfixiada, de acordo com a Polícia Civil.

    As vítimas foram enterradas na terça-feira (28).

    betway Mapa do site