betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dívidas de Ana Hickmann e Alexandre Corrêa chegam a quase R$ 8 milhões

    Empresários têm ordem de despejo e dívidas em condomínio de luxo em Perdizes, em São Paulo

    Ana Hickmann e Alexandre Correa
    Ana Hickmann e Alexandre Correa Reprodução/Instagram

    Guilherme Gamada CNN*

    São Paulo

    A apresentadora Ana Hickmann e seu marido, Alexandre Corrêa, possuem dívidas que, somadas, ultrapassam R$ 8 milhões de reais. Os dados são públicos e foram consultados pela CNN no sistema do Tribunal de Justiça de São Paulo. Só empresa Hickmann Serviços LTDA tem cinco empréstimos que, somados, alcançam o valor de R$5.640.898,86. Os bancos que concederam o dinheiro estão cobrando as dívidas na Justiça.

    Dívidas da empresa

    Nesta quarta-feira (22), o banco Bradesco entrou com uma ação na justiça de São Paulo alegando inadimplência de um empréstimo no valor de R$ 1.150.000,00, cuja primeira das 36 parcelas venceu em maio deste ano. O banco ainda pede R$ 6.822,07 como correção.

    No final de outubro, o banco Safra também cobrou na Justiça o pagamento de empréstimos realizados em maio, com diferença de três dias. Um no valor de R$ 351.000,00, outro de R$356.968,98 e o terceiro no valor de R$ 1.226.789,42.

    O banco Original acionou o TJ-SP para reaver o valor concedido à empresa do casal em janeiro no valor de R$ 448.477,79. Neste caso, o processo foi arquivado provisoriamente.

    Ana e Alexandre são cobrados, ainda, pelo banco Sicred por uma dívida de R$ 2.451.840,60, em um empréstimo realizado em março.

    Dívidas pessoais

    Além dos valores adquiridos junto às instituições financeiras em nome da empresa, o Banco do Brasil cobra em ação judicial o valor de R$ 1.245.466,81, a respeito da inadimplência de um empréstimo pessoal solicitado pela apresentadora.

    A companhia da apresentadora também foi acionada na Justiça pela dívida de R$ 185.315,90 ligada a um fundo de investimento — a primeira parcela venceu em abril. Há outra ação no valor de R$ 821.530,66 feita por uma empresa credora, cuja primeira parcela venceu em maio.

    Despejo e dívidas em condomínio de luxo

    Alexandre Corrêa responde a uma ação de ordem de despejo por falta de pagamento cumulada com cobrança de aluguéis e acessórios da locação feita em outubro de 2020, na Vila Romana, em São Paulo. O valor cobrado é de R$333.775,00.

    O condomínio Place Royale, em Perdizes, São Paulo, cobra o casal pelo não pagamento das taxas do condomínio, água, gás, reformas de academia e halls. A dívida soma R$ 41.978,43.

    ACNN entrou em contato com a assessoria da apresentadora, que não quis se manifestar. Já a defesa de Alexandre Corrêa, diz que “existe um exagero quanto aos fatos. Toda empresa enfrenta problemas dessa natureza.” e conclui “as empresas do grupo geram muito trabalho e riqueza para o Brasil”

    betway Mapa do site