betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dino diz que situação no RN está sob “controle progressivo”; estado ainda registra ataques

    O ministro da Justiça e Segurança Pública ressaltou a diminuição no número de ataques por dia no Rio Grande do Norte e falou sobre os investimentos que serão feitos pelo governo federal no estado

    Isaac Amorim/MJSP

    Manoela CarlucciFernanda Pinottida CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (20), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, disse que a situação no Rio Grande do Norte está sob “controle progressivo”. O estado tem sofrido com ataques de facções que colocam fogo em carros, comércios e prédios públicos e privados em diversas cidades.

    “Nós saímos de centenas de ataques para menos de dez, isso que chamo de controle progressivo”, falou.

    No domingo (19), a Secretaria de Segurança Pública contou sete ações criminosas, uma redução de 93% nas ocorrências relacionadas aos atos na comparação com a última terça-feira (14), quando os ataques começaram.

    A diminuição ocorreu depois do reforço de quase 500 homens da Força Nacional e de outros estados.

    Dino também destacou os investimentos que serão feitos no setor de segurança do estado. “Mais de R$ 5 milhões já foram empregados no apoio ao Rio Grande do Norte”, disse. “E nesse ano, por intermédio da Secretaria Nacional de Segurança Pública e de Segurança Penal, vamos investir mais R$ 100 milhões.”

    “Estamos também destinando recursos para o sistema penitenciário para a construção de uma nova unidade e ampliação de vagas nas unidades existentes, programa de trabalho, compra de equipamentos”, disse o ministro.

    Ele também disse que tentar encontrar um responsável pela crise no estado é um “debate desnecessário”. E que acredita que os investimentos estruturais farão com que os crimes não voltem a ocorrer no futuro.

    Como o estado ainda sofre com ataques, a governadora Fátima Bezerra (PT) ressaltou que a Força Nacional ficará no RN “pelo tempo que for necessário para instaurar a paz novamente”.

    Mais de 130 suspeitos foram presos

    De acordo com as forças de segurança atuando no RN, foram presos até agora 137 suspeitos – sendo 6 adolescentes, 14 foragidos da Justiça recapturados e 3 usuários de tornolezeira eletrônica.

    Também foram apreendidas 38 armas de fogo, 106 artefatos explosivos e 28 galões de combustível. Além de 14 motos e dois carros.

    Dinheiro, drogas e munições também foram apreendidos.

    Mais Recentes da CNN

    betway Mapa do site