betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Trump insiste em pedido de imunidade e diz que pode processar Biden se for reeleito

    Equipe de defesa do ex-presidente argumenta em tribunal de apelações de Washington

    O candidato presidencial republicano e ex-presidente dos EUA, Trump, participa de evento de campanha em Waterloo, Iowa
    O candidato presidencial republicano e ex-presidente dos EUA, Trump, participa de evento de campanha em Waterloo, Iowa 19/12/2023REUTERS/Scott Morgan

    Da Reuters

    Donald Trump alertou que poderia processar Joe Biden se retornasse à Casa Branca, enquanto seus advogados se preparavam para argumentar em um tribunal de Washington que ele deveria estar imune a acusações criminais por tentar anular a eleição presidencial de 2020 nos Estados Unidos.

    O ex-presidente republicano dos EUA não terá a chance de falar enquanto seus advogados tentam convencer três juízes do tribunal federal de apelações de que o caso deve ser encerrado antes de ir a julgamento em março.

    No entanto, com a disputa nos estados para indicação do candidato Republicano à presidência, que deve começar na próxima semana, Trump está usando a audiência como uma oportunidade para alegar que está sendo vítima de perseguição política.

    O Departamento de Justiça dos EUA há muito tempo sustenta que presidentes em exercício não podem ser processados por ações que tomam no cargo, e Trump diz que isso deve se aplicar também a ex-presidentes.

    Se o caso for levado adiante, disse Trump, ele poderá processar o democrata Biden se vencer a eleição presidencial de novembro.

    “Se eu não obtiver imunidade, então Joe Biden corrupto não terá imunidade”, disse Trump em um vídeo postado nas mídias sociais. “Joe estaria pronto para ser indiciado”.

    Trump, que perdeu para Biden na eleição de 2020, abriu uma vantagem dominante sobre seus rivais para a indicação presidencial republicana desde que o primeiro indiciamento criminal contra ele foi anunciado em março passado. Espera-se que ele vença facilmente a disputa de segunda-feira (15) em Iowa.

    Dentro do tribunal, espera-se que os advogados de Trump digam a um painel de três juízes do Tribunal de Apelações dos EUA para o Circuito do Distrito de Columbia que o caso deve ser arquivado.

    Eles argumentaram que permitir que ex-presidentes sejam processados “daria início a ciclos de recriminação e processos com motivação política”

    O advogado especial Jack Smith, que está supervisionando o processo, argumentou que a concessão de um escudo legal tão abrangente daria aos futuros presidentes licença para cometer crimes, como aceitar subornos ou instruir o FBI a plantar provas contra adversários políticos.

    Smith argumentou que Trump estava agindo como candidato, não como presidente, quando pressionou as autoridades a anular os resultados da eleição e incentivou seus partidários a marcharem até o Capitólio em 6 de janeiro de 2021.

    Tanto o resultado legal quanto o momento da decisão do tribunal de apelações desempenharão um papel fundamental para determinar se Trump será julgado antes da eleição de 5 de novembro de 2024.

    betway Mapa do site