betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    McCarthy está em um ‘teatro de impeachment’ contra Biden, diz deputado

    Republicano Ken Buck afirmou que membros do seu partido estão envolvidos com o presidente da Câmara em uma mobilização visando o afastamento do presidente dos Estados Unidos, mas admite que não há consenso

    David Wrightda CNN

    O deputado republicano Ken Buck, membro do caucus conservador da Câmara da Liberdade, disse nesta quarta-feira (26) que membros de seu partido estavam envolvidos em um “teatro de impeachment” contra o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e acusou o presidente da Câmara, Kevin McCarthy, de usar um “objeto brilhante” para desviar a atenção de desacordos sobre grandes legislações de gastos.

    “Isso é teatro de impeachment. Agora estamos iniciando o processo de apropriações. E não há consenso no lado republicano sobre quais deveriam ser os números”, disse o congressista do Colorado a Dana Bash, da CNN, em “Inside Politics”.

    Ele acrescentou mais tarde: “O que [McCarthy está] fazendo é dizendo que há um objeto brilhante aqui e que realmente vamos nos concentrar nisso. Só precisamos fazer todas essas coisas para que possamos nos concentrar no objeto brilhante. A maioria de nós está preocupada com os gastos.”

    No início desta semana, McCarthy sugeriu que os republicanos da Câmara podem estar se aproximando do ponto em que prosseguiriam com uma investigação de impeachment contra Biden, dizendo a Sean Hannity, da Fox News: “Só seguimos aonde as informações nos levaram. Mas, Hannity, isso está subindo para o nível de inquérito de impeachment, que fornece ao Congresso o poder mais forte para obter o restante do conhecimento e das informações necessárias”.

    Buck também acusou o republicano da Califórnia de renegar as promessas que fez aos conservadores para se tornar presidente da Câmara. “Kevin McCarthy prometeu quando estava concorrendo um conjunto de números. Em seguida, ele fez um acordo com o presidente (Joe) Biden para o aumento do teto da dívida em outro conjunto de números. Então, agora, ele precisa convencer o público de que é confiável”, disse a Bash.

    Buck, no entanto, não descartou totalmente a noção de impeachment, dizendo que acha que “é absolutamente papel do Congresso analisar um possível impeachment”.

    A ameaça mais explícita do presidente da Câmara de impeachment do presidente até o momento ocorreu em meio a uma série de investigações do Congresso na Câmara liderada pelo Partido Republicano que teve como alvo Biden, seu governo e membros de sua família – principalmente seu filho Hunter.

    Na quarta-feira, Buck relacionou a conversa de impeachment com a revelação de que um acordo judicial entre Hunter Biden e o Departamento de Justiça estava suspenso após uma audiência no tribunal, dizendo: “Também acho que, se isso é apenas um jogo político, precisamos garantir que o processo criminal prossiga”.

    Hunter Biden concordou com um acordo judicial revisado que o levaria a se declarar culpado das duas acusações fiscais em um acordo que inclui apenas condutas relacionadas a delitos fiscais, uso de drogas e porte de armas.

    Os dois lados concordaram que o acordo não o protegeria de possíveis acusações futuras.

    Mas o juiz não ficou satisfeito. Discutindo o acordo, Buck disse: “Meu pensamento é que o juiz faz a coisa certa”, acrescentando: “Acho que o juiz realmente estava no controle disso. Caso de alto perfil, tudo tem que dar certo em um caso como este.”

    Buck observou que “há outras investigações em andamento. Outras acusações podem ser feitas – podem não ser feitas – mas é importante que o réu saiba nos autos que existe a possibilidade de outras acusações”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    betway Mapa do site