betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Do 1º gol à aposentadoria; relembre os principais fatos da vida de Pelé

    Edson Arantes do Nascimento, conhecido como o Rei do Futebol, era uma das principais personalidades do Brasil

    Da CNN

    Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé, era uma das personalidades do Brasil.

    Durante suas aparições na Copa do Mundo, ele marcou 12 gols em 14 jogos. Disputou quatro Copas do Mundo, sendo que sua seleção brasileira conquistou três (1958, 1962, 1970).

    Data de nascimento: 23 de outubro de 1940

    Local de nascimento: Três Corações, Minas Gerais, Brasil

    Nome de nascimento: Edson Arantes do Nascimento

    Apelidos: Pérola Negra, O Rei e Dico. 

    Pai: João Ramos do Nascimento, conhecido como “Dondinho”, jogador de futebol

    Mãe: Celeste Arantes do Nascimento

    Os casamentos: Marcia Cibele Aoki (2016-presente), Assíria Lemos (1994-2010, divorciada), Rosemeri Cholbi (1966-1978, divorciada)

    Filhos: com Rosemeri Cholbi: Kely, Edson e Jennifer; com Anisia Machado: Sandra (morreu de câncer, em 2006); com Lenita Kurtz: Flávia Christina; com Assíria Lemos: Joshua e Celeste

    Outros Fatos

    Pelé começou a jogar futebol profissionalmente aos 15 anos. Sua posição era lateral-esquerdo (atacante), sua camisa número 10, e jogou pelo Santos Futebol Clube de 1956 a 1974.  

    Ganhou a Copa do Mundo pela primeira vez aos 17 anos.  

    O presidente Jânio Quadros declarou Pelé um tesouro nacional, impedindo-o de assinar com uma equipe fora do Brasil.  

    A escolha do seu nome é por causa de Thomas Edison. 

    Tem várias livros de memórias sobre o craque, entre eles: “Pelé: Minha vida e o belo jogo”, “Minha vida em imagens” e “Pelé: a autobiografia”.  

    Pelé apareceu em vários filmes nas décadas de 1970 e 1980. Compôs a trilha sonora do filme “Pelé (1977)”, além de outras peças musicais.  

    O Dia do Pelé ocorre em Santos, Brasil, em 19 de novembro de cada ano, para reconhecer a data de seu milésimo gol.  

    Ele marcou 1.281 gols em sua carreira profissional (em 1.363 jogos).  

    Pelé tem sido um porta-voz do Viagra. 

    Linha do tempo

    7 de setembro de 1956 – Marca o seu primeiro gol profissional na sua estreia no campeonato, durante um jogo entre o Santos e o Corinthians.

    1967 – As duas equipes envolvidas na guerra civil nigeriana apelam a um cessar-fogo para ver Pelé e a equipe do Santos jogarem um jogo de exibição em Lagos.

    19 de novembro de 1969 – Marca o seu 1.000º gol no seu 909º jogo de primeira classe.

    1974 – Anuncia a sua aposentadoria.

    1975 – Assina um contrato para jogar no New York Cosmos.

    1 de outubro de 1977 – Aposenta-se dos campos com um jogo de exibição entre o Cosmos e o Santos. Joga a primeira parte para o Cosmos e a segunda parte para o Santos.

    1978 – Recebe o Prémio Internacional da Paz.

    1993 – É admitido no Hall da Fama do Futebol Nacional dos EUA.

    1995-1998 – Serve como ministro extraordinário do esporte do Brasil.

    3 de dezembro de 1997 – A Rainha Elizabeth II da Grã-Bretanha atribui-lhe um título honorário de cavaleiro.

    1998 – É aprovada uma lei, apelidada de “Lei Pelé”, para combater a corrupção no futebol brasileiro. Entra em vigor em 2001.

    1999 – O Comitê Olímpico Internacional nomeia-o “Atleta do Século”.

    2000 – A Federação Internacional de Associação de Futebol (FIFA) nomeia-o “Jogador do Século”, juntamente com o argentino Diego Maradona.

    2005 – Recebe um prêmio de realização vitalícia no espetáculo da BBC Sports Personality of the Year.

    Novembro de 2012 – Submete-se a uma operação bem-sucedida à anca num hospital em São Paulo.

    Outubro de 2013 – Recebe dois certificados do Guinness World Records para “Most Career Goals” e “Most World Cup Winners’ Medals”.

    13 de novembro de 2014 – Submete-se a uma cirurgia para remover pedras nos rins.

    24 de novembro de 2014 – Dá entrada em um hospital com uma infecção do trato urinário. Em 29 de novembro, o hospital emite duas declarações dizendo que Pelé continua melhorando e que os médicos planejam retirá-lo da diálise no dia seguinte.

    4 de dezembro de 2014 – O clube de futebol brasileiro Santos assina um contrato vitalício com Pelé, tornando-o seu embaixador global vitalício.

    9 de dezembro de 2014 – Alta hospitalar.

    7 de maio de 2015 – Está internado para realizar uma cirurgia de próstata. Ele é solto depois de dois dias.

    5 de agosto de 2016 – É anunciado que não acenderá a pira olímpica na cerimônia de abertura dos jogos de verão de 2016 por problemas de saúde.

    13 de setembro de 2018 – Lança a Fundação Pelé, uma instituição de caridade que se unirá a outras organizações para beneficiar crianças, especificamente nas áreas de pobreza e educação.

    3 de abril de 2019 – É levado a um hospital em Paris por causa de uma infecção urinária.

    9 de abril de 2019 – Retorna ao Brasil e é internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, com infecção urinária causada por cálculos renais. Quatro dias depois, ele faz uma cirurgia. Ele deixa o hospital dois dias após a cirurgia.

    23 de fevereiro de 2021 – O documentário “Pelé” é lançado na Netflix.

    6 de setembro de 2021 – Pelé anuncia nas redes sociais que foi submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor no cólon direito no dia 4 de setembro.

    30 de setembro de 2021 – recebe alta do hospital após uma cirurgia para remover um tumor do cólon.

    8 de dezembro de 2021 – Segundo a assessoria de imprensa do hospital Albert Einstein, em São Paulo, Pelé está internado para tratamento quimioterápico de um tumor no cólon. Em 23 de dezembro, Pelé twittou que deixou o hospital.

    19 de janeiro de 2022 – Pelé volta ao hospital para receber tratamento contra o câncer e recebe alta no dia 20 de janeiro.

    13 de fevereiro de 2022 – Pelé volta ao hospital para receber tratamento contra o câncer. Segundo o hospital, Pelé recebe alta no dia 28 de fevereiro após tratar uma infecção urinária, além de um tumor.

    18 de abril de 2022 – De acordo com um porta-voz do hospital Albert Einstein, em São Paulo, Pelé voltou ao hospital para receber tratamento contra o câncer. Em 21 de abril, o hospital informa que Pelé deixou o hospital em condição estável

    30 de novembro de 2022 – Pelé volta a ser internado. Ele segue tratamento contra o câncer

    02 de dezembro de 2022 – O Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, divulga comunicado informando que Pelé está sendo tratado de uma “infecção respiratória”. 

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    betway Mapa do site