betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Homem-Aranha” mantém domínio nas bilheterias e supera US$ 600 milhões nos EUA

    "Sem Volta Para Casa" arrecadou mais de US$ 50 milhões no fim de semana do Ano Novo

    Pessoa vestida de Homem-Aranha no tapete vermelho de pré-estreia do filme em Los Angeles
    Pessoa vestida de Homem-Aranha no tapete vermelho de pré-estreia do filme em Los Angeles Foto: Mario Anzuoni/REUTERS

    Por Rebecca Rubin, da Reuters

    Mais um fim de semana, mais uma vitória de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” nas bilheterias dos cinemas.

    A sequência do filme baseado em histórias em quadrinhos, estrelando Tom Holland como o lançador de teias amigo da vizinhança, ficou em primeiro lugar nas bilheterias dos Estados Unidos pelo terceiro fim de semana seguido.

    “Sem Volta Para Casa” arrecadou 52,7 milhões na semana do Ano Novo nos Estados Unidos, elevando a arrecadação no país para 609 milhões de dólares.

    Nenhum outro blockbuster conseguiu chegar perto da mesma magnitude nas bilheterias, ao menos nos EUA e no Canadá.

    Depois de “Homem-Aranha: Sem Volta Para a Casa”, a segunda maior arrecadação em tempos de Covid-19 é “Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis“, da Disney e da Marvel, que arrecadou 224 milhões de dólares no mesmo mercado.

    Sem qualquer competição até o lançamento de “Pânico 5”, o quinto episódio da sequência de horror da Paramount, em 14 de janeiro, o herói adolescente de Holland vai continuar arrecadando dinheiro.

    Para aqueles que não são fãs de super-heróis ou que já viram Homem-Aranha nos cinemas mais de uma vez, a animação musical da Universal e Illumination “Sing 2” teve outro fim de semana relativamente forte.

    O filme, que conta com vozes de estrelas como Matthew McConaughey, Reese Witherspoon, Scarlett Johansson e mais, arrecadou 19,6 milhões de dólares entre sexta-feira e domingo, apenas 12% abaixo de sua estreia.

    Desde que estreou antes do Natal, o bem-avaliado “Sing 2” arrecadou 89,6 milhões de dólares, um valor impressionante para tempos pandêmicos.

    Para ilustrar como os filmes que não são de super-heróis ainda estão enfrentando dificuldades, o primeiro “Sing”, de 2016, vendeu muito mais ingressos, superando 270 milhões de dólares nos EUA e 634 milhões internacionalmente.

    “King’s Man: A Origem”, da Disney e da 20th Century, parte do universo cinematográfico de “Kingsmen”, ficou em terceiro lugar no fim de semana com 4,5 milhões de dólares. O valor é apenas 24% menor que no fim de semana de estreia, mas as vendas não foram tão bem desde o começo.

    Até agora, a comédia de espiões obteve 19,5 milhões de dólares nas bilheterias dos EUA. Internacionalmente, “King’s Man: A Origem” arrecadou 14,1 milhões de dólares em 22 mercados, impulsionando a receita global para US$47,8 milhões.

    betway Mapa do site