betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Carnaval 2024: veja como foi a 2ª noite de desfiles em SP

    Os enredos de sábado (10) contaram com homenagens à Fafá de Belém e ao escritor Mário de Andrade

    Gabriela Maraccinida CNN

    Aconteceu no sábado (10) a segunda noite de desfiles do Carnaval 2024 de São Paulo. O Sambódromo do Anhembi, localizado na zona norte da capital, recebeu mais sete escolas do Grupo Especial, com enredos que homenagearam desde o hip hop até a religião e filosofia Ifá, além de nomes como Fafá de Belém e Mário de Andrade.

    A maior campeã do carnaval paulistano, Vai-Vai, foi a responsável por abrir a noite. A escola da Bela Vista celebrou os 40 anos da cultura Hip Hop no Brasil e contou com a participação de Mano Brown e KL Jay, dos Racionais MC’s. O desfile marcou o retorno da escola ao Grupo Especial, após conquistar o Grupo de Acesso 1 em 2023.

    A segunda a desfilar foi a Tom Maior, que levou à pista de desfile uma releitura, em versão indígena, do mito grego Orfeu e Eurídice, com o enredo “Aysú: uma história de amor”. A escola do bairro de Sumaré busca seu título inédito no Grupo Especial.

    A Mocidade Alegre foi a terceira a desfilar, com o enredo “Brasiléia Desvairada”, assinado pelo carnavalesco Jorge Silveira. A atual campeã do carnaval de São Paulo mostrou a viagem do escritor Mário de Andrade, interpretado pelo ator Pascoal da Conceição, pelos recantos do Brasil.

    Na sequência, a Gaviões da Fiel desfilou com o enredo “Vou te Levar pro Infinito”, que propõe uma viagem em uma nave especial comandada por arlequins e colombinas de outra dimensão para diferentes “infinitos”. O tema foi inspirado em um trecho o enredo campeão de 1995, em uma tentativa de conquistar o título – a última vez que a escola foi campeã no Grupo Especial foi em 2003. O desfile contou, ainda, com Sabrina Sato como rainha da bateria e Alessandra Negrini ao lado dos passistas.

    A Águia de Ouro foi a quinta a passar pela pista do Anhembi. O enredo homenageou a história do rádio no Brasil, que celebrou 100 anos em setembro de 2022. Para isso, a escola da Pompéia retratou momentos icônicos da história do rádio brasileiro, como a Copa do Mundo de 1958 e a Segunda Guerra Mundial, além de uma homenagem ao radialista Eli Corrêa no último carro.

    A penúltima a desfilar foi a Império de Casa Verde, que foi a terceira colocada em 2023. A escola prestou uma homenagem à Fafá de Belém e à Amazônia, com o enredo “Fafá, a Cabocla Mística em rituais da Floresta”, assinado pelo carnavalesco Leandro Barboza. O abre-alas contou com a participação da filha da cantora, Mariana Belém. A própria Fafá também participou do desfile, presente no último carro.

    A madrugada de desfiles foi encerrada pela Acadêmicos do Tucuruvi, que escolheu contar a história da religião e filosofia nigeriana Ifá em seu enredo. A escola foi a 11ª campeã no carnaval do ano passado e busca um título inédito no Grupo Especial.

    Na sexta-feira (9), aconteceu, também no Anhembi, a primeira noite de desfiles da elite do Carnaval de São Paulo. Na ocasião, desfilaram Camisa Verde e Branco, Barroca Zona Sul, Dragões da Real, Independente Tricolor, Acadêmicos do Tatuapé, Mancha Verde e Rosas de Ouro.

    A apuração para decidir quem será a campeã do Grupo Especial acontecerá na próxima terça-feira (13), às 16h, no Sambódromo do Anhembi.

    Veja aqui como foi a primeira noite de desfiles do Grupo Especial de São Paulo.

    betway Mapa do site