betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Carnaval 2024: Conheça as rainhas de bateria do Grupo Especial de SP

    Juju Salimeni, Sabrina Sato e Viviane Araújo são algumas das rainhas de bateria que desfilarão no Anhembi em 2024

    Sabrina Sato é a rainha de bateria da Escola de Samba Gaviões da Fiel
    Sabrina Sato é a rainha de bateria da Escola de Samba Gaviões da Fiel Eduardo Carmim/ Agência Estado

    Flávio Ismerimda CNN

    São Paulo

    Notabilizadas por ostentar longas listas de famosas, anônimas e subcelebridades à frente de suas baterias, as escolas de samba de São Paulo voltam ao Anhembi no início de fevereiro e devem apresentar listas mais enxutas.

    Rainhas como Aline Oliveira, Sabrina Sato e Vivianne Araújo reinam na folia paulista há muito tempo e renovaram os compromissos com suas agremiações para mais uma jornada em 2024.

    Quer saber a lista completa de rainhas de bateria das escolas de samba paulistanas? A CNN organizou uma lista e te apresenta abaixo. Veja:

    Aline Oliveira (Mocidade)

    A rainha da atual campeã do Carnaval paulistano vai para o seu 12º desfile à frente da bateria Ritmo Puro.

    Aline Oliveira é cria da Mocidade Alegre e passou por diferentes setores da escola, como bateria e comissão de frente, antes de chegar ao posto.

    Ela é bailarina, formada em educação física e brilhou no ballet do programa Hora do Faro, da Record TV.

    Vivianne Araújo (Mancha)

    A Rainha das Rainhas, Vivianne Araújo, reina à frente dos ritmistas da bateria Puro Balanço desde 2005.

    A carioca não esteve no posto em 2014 porque a Mancha Verde e o Salgueiro, sua escola no Rio, desfilaram no mesmo dia, mas voltou ao posto no ano seguinte sem que nenhuma outra tivesse sido alçada ao seu cargo enquanto estava ausente.

    Normalmente, os desfiles de São Paulo são na sexta-feira e no sábado e os do Rio são no domingo e na segunda-feira de Carnaval. Em 2014, a Mancha Verde desfilou no Grupo de Acesso e cruzou o Anhembi no domingo, mesmo dia em que o Salgueiro passou na Sapucaí.

    Theba Pitylla (Império)

    À frente da bateria do Império de Casa Verde, quem reina hoje é Theba Pitylla. Cria da casa, hoje ela desfila sozinha à frente da bateria Barcelona do Samba de Mestre Zoinho.

    O ritmistas da Casa Verde, bairro da zona norte de São Paulo, já tiveram nomes como Gracyanne Barbosa, Sheila Mello e Livia Andrade em sua corte.

    Theba, que antes era musa da escola e foi eleita Rainha do Carnaval em 2015, chegou ao posto de madrinha em 2022 e virou rainha de bateria em 2023.

    Muriel Quixaba (Tatuapé)

    Reinando na bicampeã da folia paulistana está a fisioterapeuta Muriel Quixaba. Ela desfilará pelo segundo ano consecutivo à frente dos ritmistas da Qualidade Especial.

    Nomes como Gil Jung, Ana Paula Minerato, Carol Narizinho, Jaque Khuy e Sabrina Boing Boing já passaram pela corte da escola.

    Ela também é rainha de bateria da Sangue Jovem, que desfila no Carnaval de Santos.

    Karine Grum (Dragões)

    Após um longo reinado de Simone Sampaio à frente da bateria Ritmo Que Incendeia, é Karine Grum quem reina na Dragões da Real.

    Ela já era musa da escola e assumiu o posto após a famosa, e escolhida Rainha das Rainhas de São Paulo, se aposentar do cargo de rainha de bateria para virar rainha da escola.

    Ela é profissional de educação física e dá assessoria na área com seu marido.

    Pâmella Gomes (Tom Maior)

    Pâmella Gomes é herdeira de uma verdadeira dinastia na Tom Maior. Ocupando o posto que um dia já foi de sua tia, Andreia Gomes, por 15 anos, ela vai para o seu nono desfile como rainha de bateria da agremiação.

    Antes, já havia sido musa da bateria por três anos. Andreia foi rainha de bateria de 1999 a 2014 e, desde então, desfila como madrinha de bateria.

    A Tom Maior já teve Tânia Oliveira e Adriana Bombom como rainha de bateria.

    Mileide Mihaile (Independente)

    Quem estreou em 2023, ganhou da folia paulista e estará de volta em 2024 é Mileide Mihaile, rainha de bateria da Independente Tricolor.

    A influenciadora maranhense já foi casada com o cantor Wesley Safadão.

    A escola oriunda da torcida organizada homônima do São Paulo já teve Sheila Mello como madrinha de bateria.

    Vanessa Alves (Águia)

    A Batucada da Pompeia, bateria da Águia de Ouro, tem com rainha de bateria Vanessa Alves. Ela é nutricionista de formação e trabalha como coordenadora de uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

    Vanessa chegou à corte de bateria da Águia em 2019 ao lado de outras três musas da escola e hoje reina sozinha como rainha dos ritmistas do Mestre Juca.

    A Batucada da Pompeia já teve Valesca Popozuda e Quitéria Chagas em sua corte de bateria.

    Sabrina Sato (Gaviões)

    A tradicional escola de samba da torcida organizada do Corinthians tem como rainha de bateria um dos maiores acontecimentos do Carnaval: Sabrina Sato.

    A apresentadora reina à frente da bateria Ritimão desde 2019 e completará 20 anos na agremiação em 2024. Ela já havia sido madrinha de bateria da escola entre 2010 e 2018 e, antes disso, Sabrina desfilava como musa da escola.

    A Gaviões já teve Livia Andrade e Tati Minerato como rainhas de bateria.

    Juju Salimeni (Barroca)

    Veterana de Carnaval, Juju Salimeni volta a folia paulistana e assume o posto de rainha de bateria da Barroca Zona Sul em 2024.

    Ela já passou por escolas como Mancha Verde e X-9 Paulistana antes de chegar à agremiação do bairro do Jabaquara, bairro da zona sul da cidade de São Paulo.

    Flávia Viana e Adriana Bombom já passaram pela corte de bateria da verde e rosa de São Paulo.

    Carla Prata (Tucuruvi)

    Após ter nomes como Valéria Valenssa, Luísa Mell, Núbia Oliverr, Sheila Mello, Caroline Bittencourt, Livia Andrade, Daniela Albuquerque e Tânia Oliveira em sua corte de bateria, a Tucuruvi agora tem Carla Prata reinando soberana.

    A carioca vem pelo segundo ano consecutivo à frente dos ritmistas da Bateria do Zaca do Mestre Serginho.

    Antes, Carla já havia sido rainha de bateria da Acadêmicos do Grande Rio e madrinha de bateria do Vai-Vai.

    Ana Beatriz Godói (Rosas)

    Os ritmistas da Bateria com Identidade, da Rosas de Ouro, vão para o quarto anos consecutivo tendo Ana Beatriz Godói como rainha de bateria.

    Ela é cria da agremiação e voltou para a escola da Freguesia do Ó, bairro da zona norte de São Paulo, para assumir o posto em 2020.

    Antes dela, quem reinou na Rosas de Ouro foi a atriz Ellen Rocche, de 2007 a 2019. Adriane Galisteu também foi rainha de bateria da escola.

    Madu Fraga (Vai-Vai)

    Honrando uma longa dinastia de rainhas da comunidade, o Vai-Vai apresenta ao mundo mais uma em 2024: Madu Fraga.

    Ela estreará à frente da Pegada de Macaco como rainha de bateria e terá ao seu lado, como madrinha, a rapper Negra Li.

    A lista de madrinhas de bateria famosas do Vai-Vai é longa e passa por nomes como Luciana Gimenez, Scheila Carvalho, Amanda Françozo, Maria Rita e Carla Prata.

    Sophia Ferro (Camisa)

    De volta o Grupo Especial depois de desfilar de 2013 a 2023 no Grupo de Acesso, o Camisa Verde e Branco terá pelo terceiro ano consecutivo Sophia Ferro como rainha de bateria.

    Ela faz parte de mais uma dinastia familiar que domina a escola da Barra Funda. Sua família possui nomes em postos como presidência, vice-presidência e mestre de bateria.

    Ao lado dela, como madrinha de bateria, estará Gracyanne Barbosa. Solange Gomes e Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, sou outros dos nomes famosos que já estiveram na corte da bateria da agremiação tradicional da folia paulistana.

    betway Mapa do site