betway

Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ford afirma ter projeto confidencial para fabricar veículos elétricos de baixo custo

    Preços elevados estão diminuindo demanda por EVs

    Atualmente, um dos modelos elétricos da Ford tem preços a partir de US$ 45 mil
    Atualmente, um dos modelos elétricos da Ford tem preços a partir de US$ 45 mil 10/09/2019 - REUTERS/Wolfgang Rattay/

    Peter Valdes-Dapenada CNN

    A Ford diz que tem uma equipe secreta e altamente capacitada trabalhando para projetar seus futuros veículos elétricos (EVs).

    A estratégia faz parte de uma busca para competir lucrativamente com a Tesla e com os fabricantes de veículos de baixo custo da China.

    As pessoas que procuram um veículo elétrico de luxo podem encontrar muitas opções para escolher. Isto porque a tecnologia EV, especialmente as baterias, é cara.

    Logo, é mais fácil para os fabricantes de automóveis lucrar com um Audi, Mercedes ou Cadillac porque as pessoas estão habituadas a pagar mais por essas marcas de carros de luxo.

    Mesmo entre as principais marcas de automóveis, como a Ford, os EVs tendem a custar mais. Veja o Mustang Mach-E, por exemplo, com preços a partir de US$ 45 mil.

    Esses preços estão começando a prejudicar as vendas. Nos Estados Unidos, o crescimento das vendas de EVs abrandou e o custo é visto como uma das principais razões.

    As vendas de veículos elétricos aumentaram 40% no quarto trimestre de 2023 em comparação com o mesmo período de 2022, de acordo com a Cox Automotive.

    Embora seja um crescimento forte, foi inferior ao crescimento de 49% no trimestre anterior ou ao crescimento de 52% ano a ano visto no mesmo período do ano anterior.

    Num estudo divulgado no final de 2023 pela S&P Global Mobility, quase metade das pessoas entrevistadas a nível mundial consideraram que os preços dos EVs eram muito elevados.

    “O preço ainda é a maior barreira para os veículos elétricos”, disse Yanina Mills, analista sênior de pesquisa técnica da S&P Global Mobility, em anúncio sobre a pesquisa.

    Consequentemente, a Ford tem uma equipe trabalhando na engenharia de veículos elétricos baratos há dois anos, disse o presidente-executivo Jim Farley em uma recente ligação com investidores.

    “Desenvolvemos uma equipe super talentosa da ‘Skunk Works’ para criar uma plataforma EV de baixo custo”, disse Farley.

    “Era um grupo pequeno, uma equipe pequena, alguns dos melhores engenheiros de veículos elétricos do mundo, e era separado da ‘nave-mãe’ da Ford.”

    A notícia do desenvolvimento veio quando a Ford anunciou melhores lucros no ano passado, apesar da greve da United Auto Workers. Além disso, a Ford anunciou um novo dividendo para os acionistas e suas ações subiram mais de 6% desde então.

    “Skunk Works”

    O título, que em tradução livre seria algo como “trabalho sujo”, é uma referência à divisão Skunk Works da empreiteira de defesa Lockheed Martin, que foi responsável por algumas das aeronaves mais avançadas – e secretas – da história.

    Ao apelidar a sua própria operação de “Skunk Works”, a Ford procura colocar a escala da questão em primeiro plano.

    A Ford precisará de veículos elétricos mais baratos para competir com os veículos das montadoras chinesas e da Tesla, disse Farley.

    Mesmo fora da Ásia, os EVs construídos na China estão fazendo grandes avanços no mercado europeu.

    A Tesla também está planejando um veículo compacto que custará cerca de US$ 25 mil, informou a Reuters. Mas nem um EV fabricado na China nem um Tesla barato estão perto de chegar ao mercado norte-americano.

    No caso da Skunk Works da Ford, a equipe desenvolveu um projeto de engenharia de veículos que pode ser usado para criar uma ampla variedade de veículos elétricos, indicou Farley.

    Nesse sentido, é semelhante à plataforma Ultium da GM ou à plataforma E-GMP do Hyundai Motor Group, ambas as quais são a base de uma série de veículos elétricos de diversos tamanhos e preços.

    Pelo menos alguns desses veículos poderão usar o tipo de software e serviços que a Ford oferece atualmente aos seus clientes de veículos comerciais através de sua divisão Ford Pro, disse Farley.

    Esses tipos de serviços podem ser importantes fontes de receitas para os fabricantes de automóveis, uma vez que mantêm um fluxo constante de dinheiro proveniente de clientes que efetuam pagamentos mensais diretamente ao fabricante, para além da compra inicial única do veículo.

    Um porta-voz da Ford se recusou a fornecer mais detalhes sobre a equipe de desenvolvimento ou a plataforma de engenharia que desenvolveram.

    A equipe é liderada por Alan Clarke, engenheiro de veículos elétricos contratado pela Ford em 2022, depois de ter passado 12 anos na Tesla, confirmaram pessoas da montadora norte-americana.

    EVs mais baratos

    Farley também disse que os clientes da Ford demonstraram que não estão dispostos a pagar preços muito mais elevados por veículos elétricos.

    A Ford anunciou recentemente planos para reduzir a capacidade de produção de sua picape elétrico, o F-150 Lightning, e de uma fábrica de baterias EV que está atualmente em construção.

    A Ford agora parece focada no conceito de cruzar o abismo entre os primeiros compradores – aqueles dispostos a aceitar inconvenientes e preços mais elevados para ter a tecnologia mais recente – e os consumidores em geral.

    A montadora aposta no mercado mais amplo, exigindo preços mais baixos. A mudança pode ser vista nas vendas e nos resultados financeiros da própria Ford no mercado dos EUA, disse Farley.

    “A receita total de EV caiu no segundo semestre do ano passado em comparação com [o segundo trimestre]. Se você olhar para os volumes unitários, eles aumentaram”, disse Farley. “Esse é um insight realmente importante que aprendemos ao sermos pioneiros.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    betway Mapa do site